Instituição alemã visita atividades de TDH em Fortaleza

Geral,Notícias
Grupo alemão conheceu a sede e projetos do Instituto Terre des hommes (TDH) (FOTO: Divulgação/TDH)

Representantes da agência de desenvolvimento alemã Kindernothilfe (KNH),  estiveram em Fortaleza, no último dia 14, para uma série de atividades na capital cearense.

A programação iniciou-se com a apresentação entre equipes de Instituto Terre des hommes (TDH) e da instituição europeia. Na ocasião, os profissionais da KNH conheceram as ações da TDH e ainda tiveram acesso ao projeto Elos de Proteção, que busca dialogar sobre violações de direitos de crianças e adolescentes no Ceará, e os reflexos da atual conjuntura do país para o público da iniciativa.

Representados por Johannes Miksch e Celia Schuett, além da coordenadora de projetos do Nordeste do Brasil, Flávia Regina, a KNH participou ainda de encontro no Centro de Justiça Restaurativa (CJR), da Defensoria Pública do Estado do Ceará.

Dentro da programação, o grupo conheceu um dos territórios do projeto Elos de Proteção. O projeto, que teve início em janeiro de 2022, busca prevenir, enfrentar e romper com o abuso sexual de crianças e adolescentes nos bairros Cais do Porto, Mucuripe, Vicente Pinzón, Bom Jardim, Siqueira, Granja Lisboa, Granja Portugal e Bonsucesso.

“Para TDH Brasil as visitas in loco da equipe da KNH na instituição é sempre uma oportunidade para troca experiências, saberes, troca de conhecimentos e fortalecimento institucional’, comenta o presidente de TDH Brasil, Renato Pedrosa.

Sobre a KNH

Fundada em 1959, o objetivo da KNH é melhorar as condições de vida de crianças e adolescentes que vivem nos países mais pobres do mundo. Atualmente, a instituição apoia mais de 280 mil crianças e adolescentes em 28 países situados na África, América Latina, Caribe, Ásia, e no Leste Europeu.

A Kindernothilfe atua no Brasil desde 1971, quando buscavam amenizar a pobreza e a miséria através do apoio a projetos sociais em meio ao período da ditadura militar.

Tags

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *