Adolescentes e jovens compartilham experiências

Uma nova plataforma de mídia é utilizada pelo Instituto Terre de hommes Brasil para garantir o protagonismo juvenil e dar voz a adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é difundir a realidade social e vivências de crianças e adolescentes que fazem parte da área de atuação do instituto, a fim de fortalecer a prevenção à violência, a Justiça Juvenil Restaurativa e as práticas restaurativas, além de informar e sensibilizar os ouvintes para a construção de uma cultura de paz. O projeto de iniciativa da Assessoria de Comunicação, que integra a Diretoria de Fortalecimento Institucional, vem sendo desenvolvido em forma laboratorial desde maio de 2017, tendo o lançamento da primeira edição ocorrido em julho.

podcast Vozes está disponível no SoundCloud, Google Play Music e no iTunes.

Podcast é uma nova forma de produzir conteúdo sendo uma espécie de rádio virtual onde pessoas expõem suas opiniões sobre diversos assuntos, como um blog, só que ao invés de escrito, o podcast é falado. O ouvinte, por sua vez, tem a chance de escolher o programa ou o tema que mais lhe agrada, tendo o total controle sobre quando, como e onde poderá escutar o podcast. No podcast Vozes, os temas são variáveis, tendo como premissa ser um assunto atual de interesse de adolescentes e jovens, como o bullying, a violência doméstica e o racismo, que foram os temas das três primeiras edições.

Na configuração do podcast, damos a palavra aos adolescentes e jovens, com informações sobre o conceito do tema, as experiências vividas pelos participantes com aquela temática, assim como a orientação de um técnico do Intituto Tdh Brasil que seja referência no assunto.

Acho bem interessante, porque dá voz ao adolescente. Nós falamos coisas que nunca falamos para ninguém, e deu para se libertar de alguns sentimentos. Sabe quando você sempre tem vontade de falar coisas que não nos sentíamos a vontade há muitos anos e vínhamos acumulando dentro de nós? Pois isto chegou ao ápice na gravação.

Vinícius Ferreira Feitosa da Silva, adolescente participante.

Em pouco tempo de projeto, podemos ver como ele pode acrescentar na vida de adolescentes e jovens, além de poder ser usado como instrumental para atividades pedagógicas com adolescentes e jovens, como é o caso da assistente social do Instituto Terre de hommes Brasil Brasil Paula Rodrigues, que presta apoio direto ao podcast e vem trabalhando os temas discutidos em suas atividades. Em oficinas de sensibilização e conscientização dos adolescentes e jovens do projeto Mucuripe da Paz, Paula usou o podcast Vozes como base de discussão e reflexão sobre o tema do racismo, despertando um maior interesse por parte da juventude e ressaltando a importância de se ter voz. “De fato, é muito importante nós darmos voz ao jovem e ao adolescente, para que daí nós possamos ouví-lo e tentar compreender, ou pelo menos ter um pouco de noção da visão ótica que ele tem em relação à sua comunidade, seu mundo e as questões que ali existem. E daí o Instituto Tdh Brasil está nos dando a oportunidade de ter nós técnicos para somar e pensar em ideias e sugestões e seguir”, expressou Breno Gabriel, jovem articulador comunitário do bairro Grande Mucuripe em Fortaleza (CE), que participou da fase laboratorial do podcast e da terceira edição com tema do racismo.

O projeto vai até dezembro de 2017, podendo se estender para além das fronteiras do Instituto Terre des hommes Brasil. A intenção é que mais adolescentes e jovens tenham o microfone na mão e voz para falar o que sentem ou expor suas opiniões no podcast Vozes, e que essas vozes ecoem por onde passarem. “Falar de juventude é falar sobre vida, sobre energia, sobre vitalidade, e na verdade eu acho que é desafio, pois nós estamos sendo um porta voz, estamos representando toda uma galerinha que ta aí, que na maioria das vezes não tem oportunidade ou nem sabe que se tem uma política pública para si, e daí nós estamos sendo um porta voz, que de fato é uma responsabilidade grande. E eu estou feliz, estou alegre e vamos ver aí né, o que vem pela frente”, completa o jovem Breno Gabriel.

Participe

Existem diversos meios de apoiar o nosso trabalho.

Seja Financiador
Ajude-nos a melhorar o futuro de milhares de crianças e adolescentes
Seja Voluntário
Suas habilidades são valiosas, use-as para ajudar crianças e adolescentes
Seja Parceiro
Encoraje-nos a continuar trabalhando em favor da infância e da juventude
Seja Doador
Crie mais oportunidades para crianças e adolescentes em todo o Brasil