Formação: Projeto Elos de Proteção capacitou adolescentes e jovens como agentes de proteção contra o abuso sexual

Grupo de adolescentes e jovens acompanhados pelo Projeto Elos de Proteção.

A formação de adolescentes participantes do Projeto Elos de Proteção foi realizada pelo Instituto Terre des Hommes, nos dias 11, 18 e 25 de julho, em Fortaleza-Ce. Com o intuito de fortalecer o protagonismo juvenil e capacitar jovens e adolescentes, a formação aconteceu de forma dinâmica com atividades sobre direitos humanos, prevenção das violências e maneiras de atuar como um agente contribuidor da prevenção e da proteção contra o abuso sexual infantojuvenil.

As oficinas semanais foram conduzidas pela Equipe Técnica da TDH Brasil e contou com a participação de adolescentes e jovens que são acompanhados pela instituição desde o Projeto Mucuripe da Paz, encerrado em 2021.

Suporte à participação do Projeto 

Evelyne Lima, assessora comunitária de TDH Brasil aplicando o curso formativo.

O projeto busca a prevenção e o enfrentamento do abuso sexual praticado contra crianças,   adolescentes e jovens e além das ações pensadas em torno do tema,  também tem subsidiado a distribuição de renda, já  que os participantes são contemplados com o pagamento de uma bolsa mensal. 

Segundo Evelyne Lima, assessora comunitária responsável pelo acompanhamento do grupo, é uma maneira de apoiar financeiramente os jovens e suas famílias. “É um incentivo financeiro mensal para fortalecer eles, e auxiliar nos gastos pessoais e familiares também”. 

Atualmente o projeto fornece suporte financeiro a dez jovens, que foram selecionados mediante o requisito de participarem do curso formativo – Adolescente agente de proteção contra o abuso sexual – e já possuírem ligação anterior ao percurso formativo das atividades de prevenção à violência, cultura de paz e protagonismo juvenil.

Agente em formação

Rilton Fernandes, jovem selecionado pelo Projeto Elos de Proteção.

O estudante Rilton Fernandes, 19 anos, morador do Vicente Pinzon já participava do Projeto Mucuripe da Paz, quando manifestou interesse em dar continuidade na busca de conhecimentos sobre o tema abordado durante a formação. Incentivado pela importância em torno da pauta, o jovem responde sobre as demais motivações que o fizeram participar do curso. Leia abaixo, a entrevista concedida.

THD BRASIL: O QUE MOTIVOU VOCÊ A PARTICIPAR DO CURSO?

“A vontade de querer o melhor pra minha comunidade e para as pessoas à minha volta.” 

THD BRASIL: QUAL TÉCNICA OU CONHECIMENTO ABORDADO DURANTE O CURSO TE CHAMOU MAIS ATENÇÃO?

“A resolução de conflitos de forma positiva.”

TDH BRASIL: VOCÊ ACREDITA ESTAR PREPARADO PARA O ENFRENTAMENTO ÀS PRÁTICAS DE ABUSO SEXUAL APÓS PARTICIPAR DA OFICINA? SE SIM, POR QUE? 

“Não, ainda acho que tenho muito para aprender e para replicar.”  

TDH BRASIL: QUAL MOMENTO QUE VOCÊ MAIS CURTIU DENTRO DA OFICINA E QUE FORTALECEU SEU DESENVOLVIMENTO INTERPESSOAL?

“A oficina inteira foi um momento para se aproveitar e interagir com todos que nela estavam presentes.”

TDH BRASIL: QUAL FOI O MAIOR APRENDIZADO QUE VOCÊ ADQUIRIU COM A OFICINA E COMO ELE SERÁ ÚTIL NA SUA VIDA? 

“Os aprendizados sobre o ECA, como por exemplo o de que todas as crianças e adolescentes têm direitos ao acesso à cultura e lazer de acordo com sua faixa etária, isso é bem interessante se levar em consideração as classificações de muitos programas de televisão ou séries e filmes em serviços de streams.”

Participe

Existem diversos meios de apoiar o nosso trabalho.

Seja Financiador
Ajude-nos a melhorar o futuro de milhares de crianças e adolescentes
Seja Doador
Crie mais oportunidades para crianças e adolescentes em todo o Brasil
Seja Voluntário
Suas habilidades são valiosas, use-as para ajudar crianças e adolescentes
Seja Parceiro
Encoraje-nos a continuar trabalhando em favor da infância e da juventude