Objetivos

Com 35 anos de atuação no Brasil, os projetos apoiados ou desenvolvidos pelo Instituto Terre des hommes Brasil se tornaram referência a nível regional e nacional em temáticas como crianças e adolescentes em situação de rua, enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, trabalho infantil, convivência familiar e comunitária, Justiça Restaurativa e prevenção à violência. Por isso, trabalhamos para:

  • Apoiar crianças, adolescentes, jovens, famílias e a comunidade com a realização de ações de proteção e prevenção à violência.
  • Desenvolver ações voltadas para uma Justiça com enfoque restaurativo.
  • Contribuir em abordagens inovadoras para a disseminação do paradigma da Justiça Juvenil Restaurativa, do protagonismo juvenil e da prevenção da violência na escola e na comunidade.
  • Buscar o desenvolvimento e o fortalecimento das competências locais em defesa dos direitos de adolescentes em conflitos com a lei que estão cumprindo medidas socioeducativas em meio aberto.
  • Promover experiências piloto em Justiça Juvenil, contribuindo com formações, assessoramento, iniciativas de incidência política, comunicação e articulação do Sistema de Garantia de Direitos.
  • Realizar capacitações e ações de disseminação da Justiça Juvenil Restaurativa.
  • Desenvolver estratégias de comunicação comprometida com os direitos da infância e da juventude e a promoção de uma cultura de paz.
  • Fortalecer e ampliar o protagonismo juvenil, com o desenvolvimento de estratégias que promovem o direito à participação de crianças e adolescentes.

Participe

Existem diversos meios de apoiar o nosso trabalho.

Seja Parceiro
Encoraje-nos a continuar trabalhando em favor da infância e da juventude
Seja Voluntário
Suas habilidades são valiosas, use-as para ajudar crianças e adolescentes
Seja Financiador
Ajude-nos a melhorar o futuro de milhares de crianças e adolescentes
Seja Doador
Crie mais oportunidades para crianças e adolescentes em todo o Brasil

Parceiros

Desenvolvemos uma rede de parceiros como instituições públicas, organizações da sociedade civil e financiadores sensíveis à causa da infância e juventude que desejam cumprir seus objetivos de responsabilidade social.