TDH Brasil lança campanha contra o extermínio da juventude

Em 2020, o Ceará teve uma média de 12 meninos e meninas mortos por semana. Além disso, dos 4.039 homicídios registrados no Ceará, 16% das vítimas eram adolescentes de 10 a 19 anos.

Esses são os dados do mais recente levantamento do Comitê de Prevenção e Combate à Violência, da Assembleia Legislativa. Partindo dessa realidade, o Instituto Terre des Hommes Brasil (TDH Brasil), através do projeto Comunicação + Direitos da Infância, com o apoio de Kindernothilfe, lança entre os dias 27 e 29 de abril a campanha Ainda queremos ser livres com o tema Extermínio da juventude: racismo e criminalização da pobreza.

A campanha tem por objetivo sensibilizar o público adolescente, as comunidades e os atores sociais que compõe o Grande Mucuripe quanto a temática abordada. A violência se intensificou também na AIS 1 onde se encontra inserido o Grande Mucuripe. O crescimento no número de homicídios na Área é de 170%, passando de 10 registros para 27. A região teve a terceira pior variação do Estado e a segunda da Capital.

Os participantes fornecerão às comunidades informações para apoiar as famílias que estejam com crianças e adolescentes vivendo em situação de violência. Uma dessas informações é a forma de proteção imediata a partir do acesso as chamadas “portas de entrada”: o Conselho Tutelar, Defensoria Pública, Ministério Público e Judiciário.

A campanha acontecerá com a distribuição de bottons, cartazes e adesivos informativos, além do uso de carro de som para melhor informar a comunidade. Durante o evento, todos os protocolos serão respeitados a fim de evitar a propagação de Covid-19.

Sobre o PPCAAM

O Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM) é uma política pública que tem como objetivo a preservação da vida. A missão do programa é proteger e zelar pela sobrevivência de crianças e adolescentes que foram ameaçados de morte, garantindo segurança para essas pessoas.

As principais ações do programa estão voltadas para: Transferência de residência ou acomodação em ambiente compatível com a proteção inserindo os protegidos em programas sociais, visando a proteção integral e oferecendo apoio social, jurídico e psicológico.

Podem ser incluídas crianças (até 12 anos de idade incompletos), Adolescentes (entre 12 e 18 anos de idade) e seus familiares. As ações do PPCAAM poderão ser estendidas também a jovens com até vinte e um anos, se egressos do sistema socioeducativo.

Para mais informações sobre o PPCAAM, acesse:

Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte

Serviço
Campanha Ainda queremos ser livres com o tema Extermínio da juventude: racismo e criminalização da pobreza
Data: 27, 28 e 29 de abril
Local: Grande Mucuripe

Participe

Existem diversos meios de apoiar o nosso trabalho.

Seja Financiador
Ajude-nos a melhorar o futuro de milhares de crianças e adolescentes
Seja Parceiro
Encoraje-nos a continuar trabalhando em favor da infância e da juventude
Seja Voluntário
Suas habilidades são valiosas, use-as para ajudar crianças e adolescentes
Seja Doador
Crie mais oportunidades para crianças e adolescentes em todo o Brasil